quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Certas coisas a gente não entende.



Não sei como eu tenho amigos. Sinceramente, eu devo ser a pessoa mais chata da face da terra e ainda estou rodeada de amigos que, não sei de que maneira, me amam (e eu sei que amam mesmo, porque, caso contrario, não teriam motivos plausíveis para agüentar alguém com uma personalidade tão difícil como a minha). Ciumenta, chorona, mal humorada, possessiva ao extremo. Mimada, totalmente, completamente, absurdamente mimada! Brigo com as pessoas que amo com a mesma freqüência que fico de tpm, ou mais.
Minha mãe faz grandes esforços pra me suportar em certos dias. Até a coitadinha da minha cachorra me despreza quando chego no limite da minha chatice. Admiro meu “namorado” (que esta entre aspas já que estamos em um momento 'light' do relacionamento), que apesar de ser o mais insuportável do planeta, conseguiu me agüentar até hoje. E olha que não é uma tarefa fácil. As minhas melhores amigas, de um modo generalizado já que existe mais de uma ou duas melhores amigas, são realmente as mais incríveis. As vezes fico pensando, analisando, tentando compreesnder o porque delas continuarem ao meu lado! Meu Deus, elas são mesmo o máximo...
Pior de ser chata, mimada, birrenta, é admitir isso a si mesma. É ter consciência disso, é estar certa de que é preciso se controlar vez ou outra! Mas só eu sei o quanto agradeço por ter as pessoas mais especiais comigo.
É assim, certas coisas a gente não entende.
“Há duas espécies de chatos: os chatos propriamente ditos e os amigos, que são os nossos chatos prediletos.” Já dizia Mario Quintana.

3 comentários:

Cacá disse...

Ai não sei de quem eu tenho mais dó, de você, ou da gente!ahUHAUhuhUha

Nanny Micheletto disse...

IOUASHDOIASHDIOUASDASH
eu acho o maximo seu jeito! deve ser por isso que sou sua amiga =D hihihihi

Tami disse...

SUIHAISIUHAIUSHAU
Ai não sei de quem eu tenho mais dó, de você, ou da gente! 2

mais é por isso mesmo que eu te amo amiga ..

Postar um comentário